Ações e Programas

O Conselho Regional de Biomedicina da 1ª Região – CRBM1, jurisdição nos Estados de SP, RJ, PR, MS, ES, na atual gestão 2016/2020 estreitou a relação institucional com os Conselhos Regionais 2, 3, 4 e 5 visando adequar processos e promover uma equiparação de condutas administrativas internas e externas visando a uniformidade de processos. As ações e programas foram traçadas e discutidas pela diretoria afim de minimizar processos, otimizar, desburocratizar e efetivamente cuidar dos profissionais inscritos e os acadêmicos de biomedicina.

Por determinação do Conselho Federal de Biomedicina, foi dado inicio em 2016 a criação do Conselho Regional de Biomedicina 6ª Região que terá sua jurisdição no Estado do Paraná. No segundo semestre de 2017 será desmembrado do CRBM1 o estado do Paraná que passa a ser uma nova autarquia do sistema CFBM.

O CRBM1 criou o REFIS para que os profissionais biomédicos, em estado de inadimplência nas taxas e anuidades da autarquia, inclusive casos de execução fiscal,   possam refinanciar seus débitos facilitados em parcelas que o profissional possa honrar seu compromisso com o CRBM1.

O CRBM1 criou o Programa de Excelência Laboratorial para estimular e certificar os laboratórios que cumpram as exigências do programa visando manter a qualidade dos serviços prestados a população brasileira.

O CRBM em parceria com a fornecedora de sistema de gestão da autarquia desenvolveram a ação de inscrição do acadêmico que visa aproximar o acadêmico de biomedicina ao seu conselho profissional e assim formatar ações e programas para educação, oferta de estágios e informação de atuação da autarquia. Uma vez que o acadêmico manifeste interesse em se cadastrar gratuitamente receberá suporte educacional e informativo da autarquia.

O CRBM1 criou o departamento institucional que, através de estudos detalhados busca otimizar o setor administrativo e operacional criando seccionais ou delegacias regionais em outros estados afim de promover o atendimento dos inscritos e agilizar prazos de entrega de documentos e cumprimento de demandas em tempo curto. Hoje o CRBM1 possui 36 delegacias regionais espalhadas pelos estados da jurisdição e duas seccionais.

O CRBM1 modernizou a gestão interna buscando minimizar processos e otimizar demandas, e para isso investiu nos colaboradores e na implementação de novas técnicas de atendimento a pessoa física e jurídica, registros, alterações proporcionando agilidade e diminuição dos prazos administrativos.

O CRBM1 criou novos horários de atendimento (alternativos) às quartas-feiras de 17:00 às 22:00 Hrs. e aos sábados das 08:00 às 12:00 Hrs. visando atender os profissionais biomédicos e empresas em horários alternativos de expediente favorecendo aqueles que não dispõe de tempo no horário de expediente normal.

O CRBM1 investiu na desburocratização e hoje o profissional biomédico ou empresa cadastrada podem adquirir certidões negativas de débitos e certificados de Responsabilidade Técnica online.

O Programa “Fale com a Diretoria” foi criado em 2015 para proporcionar aos profissionais uma maior proximidade com a diretoria afim de dirimir duvidas, fazer sugestões ou reclamações. Os plantões acontecem na sede do CRBM1 em São Paulo e o atendimento telefônico também é possível.

O departamento de fiscalização foi otimizado e houve investimento em equipamentos para a fiscalização para que o serviço de fiscalização possa resolver demandas no próprio local da visita.

O CRBM criou super delegacias denominadas seccionais nos estados do Paraná, Rio de Janeiro, Mato Grosso do Sul e Espirito Santo. O critério para a escolha dos locais de criação foi o numero de instituições de ensino, potencial de novas inscrições e numero atual de inscritos. Estas seccionais estão equipadas com toda a estrutura necessária para administrativamente resolver qualquer protocolo de entrada de solicitação. Estas seccionais serão preparadas para em um futuro quando tiverem numero de inscritos suficientes se tornarem um Conselho Regional partindo do desmembramento da jurisdição do CRBM1.

O CRBM1 possui membros de sua diretoria que exercem cargos de coordenação nos Fóruns dentre eles o Fórum dos Conselhos de Profissões Regulamentadas, em especial o Fórum dos Conselhos Federais da Área da Saúde (FCFAS). A iniciativa dos conselhos profissionais em se reunir em fóruns favorece não só a atuação das autarquias como também a sociedade brasileira. As reuniões acontecem mensalmente e nosso conselheiro Dr. Edgar Garcez Junior é o coordenador adjunto do FCFAS.

O CRBM1 participa e tem membros diretores nos Conselho Municipal de Saúde e Conselho Estadual de Saúde. As reuniões acontecem mensalmente.

O CRBM1 participa e possui membros no Fórum dos Conselhos Atividade Fim da Saúde (FCAFS – SP) que tem a função de promover ações conjuntas que valorizem o grupo e a saúde. As reuniões acontecem mensalmente.

O CRBM1 obteve crescimento significativo e buscou adquirir uma nova sede para que comporte todos os programas implementados e a implementar que hoje são produzidos para um publico de 64 profissionais por evento que ocorre no auditório da sede. Os eventos maiores que nossa capacidade tem custo alto e inviabiliza os programas gratuitos. O Núcleo de Aprimoramento é um sucesso.

Foram criadas comissões provisórias para todas as 35 habilitações biomédicas onde os membros que participam destas comissões foram nomeados usando o critério da competência e destaque profissional.

Por resolução do CFBM foi instituído o Mérito Conselheiro Honorário que vem a ser o biomédico de destaque profissional e conduta ilibada que recebe este titulo e poderá assim fazer uso deste para divulgar a biomedicina e atuar em prol da biomedicina.

A parceria institucional com a Associação Brasileira de Biomedicina (ABBM) se formou para que houvesse investimento no aprimoramento dos profissionais biomédicos inscritos no CRBM1 e ABBM e lançamos no ano de 2015/2016 o Núcleo de Aprimoramento que promove palestras e cursos  gratuitos para os profissionais.

A parceria institucional com os sindicatos visa colaboração para que o profissional biomédico seja valorizado no mercado de trabalho e seja incluído nos concursos públicos dos Municípios e nos Estados e que a carreira de biomédico seja criada nestes órgãos. O programa de parceria favorece que as entidades participem anualmente da Marcha a Brasilia em defesa dos Municípios e Congresso Estadual de Municípios, eventos organizados pela Confederação Nacional de Municípios (CNM) onde podemos mostrar a biomedicina e a qualidade de nossos profissionais para o serviço público.

O CRBM1 colabora com o Governo Federal e com o Ministério da Saúde no programa Saúde Baseada em evidências que vem a ser o programa que integra banco de dados de informações a fim de fornecer material de literatura, aprendizado, consulta e opiniões entre os profissionais da saúde onde pode-se observar que a interação faz prosperar o conhecimento dos profissionais.

O Programa “Melhor Aluno” foi criado para premiar o biomédico de maior destaque na instituição de ensino superior, no curso de biomedicina. A indicação do melhor aluno vem do critério da coordenação do curso que escolhe por destaque, comprometimento, melhor histórico escolar.

O CRBM1 criou no site um espaço para o profissional biomédico disponibiliza seu contato, esta ação foi denominada “Profissionais disponíveis para o mercado” as empresas podem verificar o um breve histórico do profissional e entrar em contato a fim de avaliação para contratação.

O CRBM1 aderiu a Frente Parlamenta em Defesa dos Laboratórios de Análises Clínicas (FPDLAC), que será presidida pelo Dep. Ronaldo Nogueira. A Frente é uma reivindicação antiga do setor, considerando que há 22 anos, os exames laboratoriais realizados para SUS não tem reajuste.

O CRBM1 atendendo as resoluções emanadas do CFBM está contemplando os biomédicos que se encontram na regra de desconto de anuidade e isenção dos valores de anuidade.

O CRBM1 apoia e incentiva a criação de residencias biomédicas em todo o Brasil, oferecendo suporte tanto pela autarquia quanto pela associação brasileira de biomedicina favorecendo a criação de residencias biomédicas e colocando no mercado de trabalho profissionais altamente qualificados.

Em janeiro de 2016 foi criado o Projeto de Capacitação e aprimoramento profissional que é oferecido pelo CRBM1 em parceria com a ABBM. No modulo I serão cerca de 90 palestras nos locais de maior concentração de profissionais biomédicos dentro da nossa jurisdição. As palestras e cursos são gratuitos e o biomédico para efetivar sua inscrição nos cursos e palestras deve estar inscrito no CRBM1 e em dia com seus compromissos fiscais na entidade.

Lista dos Programas, Ações e participações efetivas da autarquia:

1- Programa conjunto dos CRBMs e CFBM para uniformidade de conduta de fiscalização.

2- Ação – Reuniões entre departamentos jurídicos do CFBM e CRBMs. Reuniões bimensais

3- Ação – Fórum dos Conselhos de Profissões Regulamentadas. Reuniões mensais.

4- Ação – Fórum dos Conselhos Federais da Área da Saúde (FCFAS). Reuniões Mensais

5- Ação – Congressos, jornadas e simpósios anuais de Biomedicina (participação em todos os congressos nos Estados da Jurisdição)

6- Ação – Prêmio “Melhor Aluno” – Colações de grau nas instituições de ensino superior

7- Ação – Participação no Conselho Municipal de Saúde e Conselho Estadual de Saúde.

8- Ação – Participação no Fórum dos Conselhos Atividade Fim da Saúde (FCAFS – SP).

9- Programa “Fale com a diretoria” em atividade desde 2015.

10- Ação – Conselheiro Honorário e Biomédico Honorário – titulo

11- Ação – Participação no Programa “Saúde Baseada em Evidencias” do Ministério da Saúde.

12- Ação – Espaço no sitio eletrônico – Profissionais disponíveis para o mercado

13- Programa de cobrança de débitos e refinanciamento de divida através do sistema online.

14- Programa de Excelência Laboratorial – certificação de qualidade laboratorial

15- Ação – Certificados online – desburocratização

16 – Ação – Criação das seccionais do Rio de Janeiro, Espirito Santo, Mato Grosso do Sul e Paraná.

17 – Ação – O Sistema CFBM e CRBMs aderiram a Frente Parlamentar de defesa dos Laboratórios de análises clinicas, presidida pelo Deputado Federal Ronaldo Nogueira.

18 – Programa – Resolução Federal contempla biomédicos adimplentes e aposentados com redução ou isenção dos valores de anuidade.

19 – Ação – incentivo a criação de cursos de residencia biomédica.

20 – Ação – Beneficio direto aos profissionais inscritos através das resoluções CFBM nº 255 e 257 de 2015 com redução de valores de anuidade e até remissão conforme a resolução.

21 – Programa de capacitação profissional oferecido pelo CRBM1 em parceria com a APBM / ABBM, primeiro módulo iniciado em março de 2016 foi um sucesso e será repetido em 2017 .

22- CAPACITAÇÃO DE DOCENTES: Instituições de Ensino Superior nos procuram pois nas novas habilitações existe carência de profissionais biomédicos docentes que tenham experiência de atuação no mercado de trabalho. Muitos biomédicos dão continuidade nos cursos de extensão e com titulação acabam contratados nas IES e passam a ministrar aulas sem conhecimento prático. Esta capacitação ocorre em parceria do CFBM / CRBM1 / APBM / ABEB / ABBM.

23 -NOVO MODELO DE CARTEIRA DE IDENTIFICAÇÃO PROFISSIONAL – CIP: Após processo licitatório a empresa Thomas Greg & Sons foi a vencedora da licitação e no mês de fevereiro de 2017 será emitida a nova carteira de identificação profissional com no mínimo 7 itens de segurança. Inicialmente os profissionais interessados devem procurar o CRBM1 para efetuar a troca da carteira para o novo modelo, em dezembro de 2017 daremos inicio ao programa para a troca de todas as CIP dos profissionais inscritos.

24 – REUNIÕES COM COORDENADORES DE CURSO: promover reuniões trimestrais a realizar nas capitais da jurisdição com os coordenadores de curso de biomedicina para traçarmos um panorama real do acadêmico de biomedicina e fomentar a discussão da nova matriz curricular dos cursos de biomedicina.

25 -NOVAS INSCRIÇÕES: Dar continuidade ao projeto em curso de realizar atendimento pessoal nas principais IES anteriormente a colação de grau. Os dados mostram: 2011 – 492 novas inscrições, 2012 – 635 novas inscrições, 2013 – 767 novas inscrições, 2014 – 975 novas inscrições, 2015 até 15/12 – 2085 novas inscrições. Os dados 2015 mostram o sucesso desta ação.

26 – UNIFICAÇÃO DO SISTEMA INCORP – o sistema de cadastro e consulta dos biomédicos está em fase final de unificação permitindo padronização dos dados entre todos os conselhos CFBM, CRBM1, CRBM2, CRBM3, CRBM4 e CRBM5.

27 – INTENSIFICAÇÃO DE AÇÕES NOS MUNICÍPIOS E ESTADO – A autarquia participa dos eventos relacionados a administração pública fazendo a divulgação da biomedicina para vereadores, prefeitos e governadores mostrando a qualidade do profissional e o beneficio de incluir o biomédico no serviço público.

28 – ATUAÇÃO JUNTO A ANVISA – a comissão formada pelos regionais e federal atua diretamente  junto a Agencia Nacional de Vigilância Sanitária.

29 – FATOR DE QUALIDADE – ANS, Instrução Normativa nº 64/2016, publicada pela ANS, ficará a cargo dos conselhos profissionais proceder com a recepção e consolidação dos dados dos prestadores vinculados e enviar à ANS as informações coletadas e já consolidadas. O Conselho Federal de Biomedicina através dos conselhos regionais presta consultoria para as empresas cadastradas para qualificá-las a obter o melhor nível de remuneração na prestação de serviços.

30 – CRBM 6ª REGIÃO – No ano de 2017 ocorre o desmembramento do Estado do Paraná que passará a ser unidade autônoma no sistema CFBM.